Estrada Dona Castorina, 110
Jardim Botânico - 22460-320
Rio de Janeiro - RJ
Tel: 21-25295077
Tel: 21-25295189
Fax: 21-25295023
E-mail: obm@impa.br
Atendimento: 2ª a 6ª-feira
Horário: 08h00 às 18h00

Saiba como chegar








Polos Olímpicos de Treinamento Intensivo

Novidades

Brasil disputa a Olimpíada Ibero-americana de Matemática

Brasil disputa a Olimpíada Ibero-americana de Matemática
Competição é realizada em Honduras, reunindo competidores de 22 países.

IMC_2014

Estudantes brasileiros disputam a 29ª Olimpíada Ibero-americana de Matemática (OIM), que ocorre até dia 26 de setembro, na cidade de São Pedro Sula, Honduras. O evento tem a participação de 22 países ibero-americanos.

Ana Karoline Borges Carneiro (CE), Murilo Corato Zanarella (SP), Daniel Lima Braga (CE) e Alessandro de Oliveira Pacanowski (RJ) formam o time brasileiro. Os jovens estão acompanhados pelos professores Carlos Gustavo Moreira (RJ) e Marcelo Tadeu Sales (SP), que terão a função de corrigir e defender o trabalho dos estudantes ante o tribunal internacional de coordenação.

A competição, cuja finalidade é destacar a importância do estudo da matemática como ferramenta para o avanço técnico científico, consiste em resolver problemas que abrangem as disciplinas de álgebra, teoria dos números, geometria e combinatória.

As provas serão realizadas de forma individual nos dias 23 e 24 de setembro, sendo três problemas a cada dia, com valor de sete pontos cada, aplicados em quatro horas e meia. Durante o evento os participantes terão também a oportunidade de conhecer aspectos históricos e culturais do país organizador.

Retrospectiva
O Brasil é o país com maior número de medalhas conquistadas na competição até hoje. Desde 1985, ano em que o país iniciou a participação no evento, seus representantes conquistaram um total de 101 medalhas, sendo 51 de ouro, 39 de prata e 11 de bronze.

Além das medalhas recebidas, o Brasil conquistou em três oportunidades a Taça Porto Rico, troféu outorgado desde 1990 pela delegação de Porto Rico ao país de maior progresso na competição, e que tem como objetivo estimular o desenvolvimento das equipes olímpicas.

A participação brasileira no evento é organizada pela Olimpíada Brasileira de Matemática (OBM), projeto conjunto do Instituto Nacional de Matemática Pura Aplicada (Impa) e da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM), que visa estimular o estudo da matemática, contribuir para a melhoria do ensino no país, identificar e apoiar estudantes com talento para a pesquisa científica e selecionar e preparar as equipes brasileiras que participam das diversas competições internacionais de matemática.

A iniciativa conta com o apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq/MCTI), da Secretaria de Ciência e Tecnologia para Inclusão Social (Secis), do Ministério da Educação (MEC) por intermédio da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), da Academia Brasileira de Ciências (ABC) e do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia de Matemática (INCT-Mat).