Estrada Dona Castorina, 110
Jardim Botânico - 22460-320
Rio de Janeiro - RJ
Tel: 21-25295077
Tel: 21-25295189
Fax: 21-25295023
E-mail: obm@impa.br
Atendimento: 2ª a 6ª-feira
Horário: 08h00 às 18h00

Saiba como chegar









Polos Olímpicos de Treinamento Intensivo

Novidades

Brasil é ouro e prata na Olimpíada de Matemática da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa

IMO_2014
Equipe Brasileira de Matemática/Foto: Divulgação OBM

O Brasil conquistou uma medalha de ouro e três de prata na 4ª Olimpíada de Matemática da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, que terminou hoje (18/07), na cidade de Luanda, Angola.

André Yuji Hisatsuga, de São Paulo (SP), garantiu a medalha de ouro para o país. A prata ficou com os estudantes João Guilherme Madeira Araújo, de Fortaleza (CE), Daniel Quintão de Moraes, do Rio de Janeiro (RJ) e Guilherme Goulart Kowalczuk, de Porto Alegre (RS). A equipe nacional foi acompanhada pelos professores Edmilson Luis Rodrigues Motta e Guilherme Philippe Figueiredo, ambos de São Paulo (SP).

IMO_2014
Equipe brasileira conquistou uma medalha de ouro e três medalhas de prata/Foto: Divulgação OBM

Este ano participaram da olimpíada as delegações de Angola, Brasil, Cabo Verde, Moçambique, Portugal e São Tomé e Príncipe, representados por equipes de quatro estudantes de até 18 anos, totalizando 24 competidores. Criada em 2011, a olimpíada é um concurso que faz parte de uma estratégia da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), que tem por objetivos fortalecer e estimular o estudo da matemática, contribuir para o desenvolvimento científico da comunidade, detectar jovens talentos e incentivar a troca de experiências entre os participantes. Este ano o evento aconteceu sob o lema “Com o conhecimento da matemática compreendemos melhor o mundo globalizado”.

A olimpíada– Durante as provas, realizadas individualmente nos dias 16 e 17, os estudantes tiveram quatro horas e meia, em cada dia, para resolver três problemas de matemática, propostos pela banca e selecionados pelo júri internacional, formado pelos líderes dos países participantes. Os problemas abrangeram disciplinas como álgebra, teoria dos números, geometria e combinatória.

A participação do Brasil na Olimpíada de Matemática da CPLP é organizada pela Olimpíada Brasileira de Matemática (OBM), iniciativa que desempenha um importante papel em relação à melhoria do ensino e descoberta de talentos para a pesquisa em matemática nas modalidades de ensino fundamental, médio e universitário nas instituições públicas e privadas de todo o Brasil.

A OBM é uma iniciativa conjunta do Instituto Nacional de Matemática Pura Aplicada (IMPA), da Sociedade Brasileira de Matemática (SBM) e conta com o apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq/MCTI), da Secretaria de Ciência e Tecnologia para Inclusão Social (Secis), do Ministério da Educação (MEC) por intermédio da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia de Matemática (INCT-Mat).