Estrada Dona Castorina, 110
Jardim Botânico - 22460-320
Rio de Janeiro - RJ
Tel 21-25295077
E-mail: obm@impa.br
E-mail:cadastro.obm@impa.br
Atendimento: 2ª a 6ª-feira
Horário comercial

Saiba como chegar








Polos Olímpicos de Treinamento Intensivo

Novidades

ESCOLA BRASILEIRA LOCALIZADA NO JAPÃO PARTICIPA DA 38ª OBM

Pela primeira vez em 38 anos de história, a Olimpíada Brasileira de Matemática (OBM) conta com a participação de uma escola brasileira localizada no exterior. Trata-se do colégio Mundo de Alegria, que fica na cidade de Hamamastu-Shi, em Shizuoka-Ken, Japão. Atualmente a escola tem 202 alunos brasileiros, e 80 deles fizeram, no dia 17 de junho, a prova da 1ª fase da OBM 2016, com a supervisão do professor Mateus Nakashima.


- Estou sempre no Brasil, e em uma dessas viagens tomei conhecimento, no Colégio Santa Bárbara, no bairro de Campo Grande, no Rio de Janeiro, das olimpíadas de matemática brasileiras e resolvi inscrever nossos alunos. O objetivo não é só aproveitar a oportunidade para fazer uma avaliação da proficiência deles em Matemática, mas também lhes proporcionar a alegria de participar de uma competição que abrange milhares de estudantes brasileiros. Toda a equipe do colégio está orgulhosa e honrada de participar da OBM – diz a diretora da escola, Marli Loiola.


A escola Mundo de Alegria é voltada para alunos brasileiros e peruanos residentes no Japão. Segundo a diretora, os alunos peruanos não estudam na mesma sala que os brasileiros. A língua materna é respeitada, e há professores brasileiros e peruanos contratados para lecionar em salas de aula separadas. Porém, de acordo com a diretora Marli Loiola, todos os alunos brasileiros matriculados na escola aprendem, além do português, japonês, inglês e espanhol.


- Em 2006, em visita à minha filha Alessandra Yusa, casada com um descendente de japonês que morava em Hamamatsu-Shi, conheci a diretora Masami Matsumoto, japonesa, dona do colégio. Ela soube, então, que eu era formada em Pedagogia e que havia dirigido escolas no Brasil, e resolveu me contratar. Um dos nossos objetivos passou a ser legalizar o colégio junto ao MEC, porque, desta forma, os alunos que voltarem para o Brasil poderão continuar seus estudos normalmente. Preparei os documentos necessários e a escola foi aprovada pelo MEC. Hoje temos Educação infantil, Ensino Fundamental e Ensino Médio, todos legalizados. O Mundo de Alegria foi o primeiro colégio brasileiro reconhecido pelo governo japonês - conta, orgulhosa, a diretora Marli Loiola.



20160617_095957 cópiapeq