DESTAQUES

IMC 2021: universitários batem novo recorde de medalhas

7 de agosto, 2021

Estudantes universitários bateram um novo recorde na International Mathematics Competition for University Students (IMC). Foram 44 medalhas, sendo 7 de ouro (First Prize), 22 de prata (Second Prize) e 15 de bronze (Third Prize). Até então, a melhor marca brasileira era de 29 medalhas conquistadas no ano passado. A competição, realizada novamente em versão remota, terminou neste sábado (7) e contou com a participação de 113 equipes de instituições de ensino superior de todo o mundo.

O grande destaque individual entre os brasileiros foi Ricardo Felipe Rosada Canesin, da Universidade de São Paulo (USP), que obteve uma medalha de ouro (First Prize) ficando na 84ª colocação (39 pontos) entre 590 estudantes. Entre as universidades brasileiras a equipe com a melhor colocação foi a Universidade de São Paulo (USP) que terminou 25ª colocada.

Além da equipe da USP, participaram do evento as equipes olímpicas da Fundação Getúlio Vargas (FGV/Rio), Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio), Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), Instituto Militar de Engenharia (IME), Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), USP de São Carlos e a Universidade Federal do Ceará (UFC). Os times foram liderados por representantes de cada instituição.

Veja todos os resultados

Na competição, os participantes resolveram duas provas aplicadas em dois dias consecutivos com um tempo máximo de quatro horas cada dia. As provas, que devem ser resolvidas em inglês, incluem questões dos campos da álgebra, análise real e complexa, além de combinatória, cujas pontuações somadas determinam os vencedores.

Confira os enunciados das provas

O evento, organizado pelo University College London em parceria com a American University in Bulgaria, é a maior competição para estudantes universitários e recebe os mais destacados graduandos em matemática e ciências afins de todo o mundo.

Leia também

Brasil encerra a IMO 2021 com duas pratas e três bronzes

A Stone em parceria com a AOBM lançam a Stolimpíadas