Semana Olímpica

A Semana Olímpica, evento realizado anualmente desde 1998, é uma atividade da Olimpíada Brasileira de Matemática (OBM) envolvendo os estudantes medalhistas dessa competição. Durante uma semana, os alunos participam de aulas avançadas de Matemática, frequentam palestras de orientação acadêmica e têm a oportunidade de interagir com outros jovens em atividades de lazer.

Participam do evento desde alunos do 6º ano do Ensino Fundamental até estudantes universitários. As aulas são ministradas por um seleto grupo de professores de diversas partes do Brasil e com ampla experiência em treinamentos para competições de Matemática. Além das atividades acadêmicas, o encontro também oferece uma ótima oportunidade para os participantes compartilharem interesses e estreitarem laços de amizade com outros estudantes em diversas regiões do Brasil.
O encerramento do evento é marcado pela realização da Cerimônia de Premiação da OBM, ocasião na qual são premiados os estudantes vencedores de medalhas de ouro, prata e bronze.
23ª Semana Olímpica

23ª Semana Olímpica
Natal (RN)

A 23ª Semana Olímpica ocorreu entre os dias 26 de janeiro e 01 de fevereiro de 2020, na cidade de Natal (RN). O evento foi coordenado pelos professores Samuel Barbosa Feitosa, da Universidade Federal da Bahia (UFBA) e Diego Eloi Misquita Gomes, do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Ceará (IFCE) e contou com a participação de estudantes premiados na 41ª Olimpíada Brasileira de Matemática (OBM) de 2019, vencedoras do 1º Torneio Meninas na Matemática (TM²) de 2019 e uma equipe de 31 professores, especialistas em matemática olímpica, que foram selecionados por todo o país.

Organizada pelo Instituto de Matemática Pura e Aplicada (IMPA) e pela Sociedade Brasileira de Matemática (SBM), a 23ª Semana Olímpica da OBM contou com apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia de Matemática (INCTMat) e patrocínio da fintech de serviços financeiros, Stone.

Material das aulas:

Vingança Olímpica

Os problemas desta sessão são diferentes dos já vistos nesta página, não por deixarem de ser tão bonitos e interessantes como os das olimpíadas, mas por terem sido elaborados pelos alunos vencedores da OBM, com o intuito de “vingar-se” dos professores. Na verdade, o termo “Vingança” é pura ironia, pois essa nova competição entusiasmou os alunos pela criação de problemas e proporcionou aos professores, muitos deles ex-olímpicos, a chance e o prazer de se divertirem resolvendo-os.

Participante Cidade - Estado Prêmio
Carlos Gustavo Moreira Rio de Janeiro (RJ) Medalha de Ouro
George Lucas Diniz Alencar Fortaleza (CE) Medalha de Prata
Andrey Jhen Shan Chen Campinas (SP) Medalha de Prata
Matheus Secco Rio de Janeiro (RJ) Medalha de Bronze
Thiago Landim de Souza Leão Recife (PE) Medalha de Bronze
Jorge Craveiro Rio de Janeiro (RJ) Medalha de Bronze
Rafael Filipe dos Santos Rio de Janeiro (RJ) Medalha de Bronze
Rafael Miyazaki São Paulo (SP) Menção Honrosa
Davi Lopes Fortaleza (CE) Menção Honrosa
Luíze D'Urso Rio de Janeiro (RJ) Menção Honrosa
Veja as provas das Vinganças Olímpicas anteriores
Semanas Olímpicas Anteriores